Google+ Followers

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

PRIMEVA no Congresso METANOIA na Igreja Batista União em Cristo

No último Domingo a banda PRIMEVA tocou pela segunda vez na IBUC (Igreja Batista União em Cristo), cujo pastor presidente é um africano maravilhoso, pastor Alan Kramo - à quem agradecemos e honramos, por se tratar de um espetacular e abnegado servo de Deus.

Foi no culto da manhã e era a continuação do CONGRESSO METANOIA que começou na Sexta-feira anterior. Deus já havia demonstrado qual Sua direção para o povo durante aqueles dias de tanta palavra e adoração congregacional. A banda chegou e teve pouco tempo para afinar instrumentos e passar o som. Na verdade não deu para fazer a passagem de som, mas, graças a Deus deu tudo certo. Quase nem se percebeu o retorno baixo e a guitarra um pouco alta no P.A. nas duas primeiras canções. A expectativa era facilmente percebida - havia uma atmosfera muito favorável à atuação do Espírito santo naquela manhã. E como Deus falou ! 

Iniciaram com "Vive em nós" e "Te instruir". A 'pegada' extremamente sincada de baixo e batera, uma das peculiaridades da banda, deixou parte da congregação atenta à desenvoltura dos músicos. A adoração envolveu a todos em uma comunhão diferenciada, principalmente por não se tratar de louvores exclusivamente de adoração. Como todos sabem as letras das músicas autorais da banda retratam coisas do dia a dia cristão e outros dilemas da vida e da sociedade, incluindo também a centralidade do louvor à Deus sob todos os aspectos. Na sequência a banda tocou "Para sempre" e a novíssima "Guarda de Israel", continuando com a também novíssima "Guerra". Iuri Sant'Anna (bateria) e Tiago Adrenna (contrabaixo), precisos como sempre, esbanjaram sua técnica e o domínio com que tocam seus instrumentos, fazendo a igreja glorificar a Deus com singelo entusiasmo.

Foi uma manhã perfeita, tendo na sua continuidade uma palavra altamente contundente do Pastor Julio Cesar Laino que impactou toda igreja. Novamente a PRIMEVA subiu para tocar um louvor congregacional (Mais de Ti) e finalizar o culto. O solo de guitarra do Beto Vieira cortou o ar como flecha de Deus. A voz gutural-aveludada de Gilson Mangarat destilou as frases apaixonadas que compõe a poesia das letras das canções entoadas naquela manhã. Ao fim de tudo restou uma alegria incontida, num misto de koinonya e felicidade devido a tudo que Deus amorosamente derramou sobre todos que se fizeram presentes.

Glórias a Deus por tudo que Ele faz e continuará fazendo em nossas vidas. Avante banda PRIMEVA ! Os campos estão brancos para a ceifa !